Esgoto transborda em vila de Gaza e deixa quatro mortos

As águas de um reservatório de esgoto transbordou e inundou uma vila no norte da Faixa de Gaza nesta terça-feira, 27, causando pelo menos quatro mortes e ferindo 25 pessoas, disseram autoridades médicas palestinas. Testemunhas locais disseram que dezenas de residentes da pequena vila de Bedouin, onde vivem aproximadamente 3 mil pessoas, ainda estão desaparecidos depois que o esgoto transbordou de tanques de tratamento, destruindo pelo menos 25 casas. Um homem de 70 anos e uma criança estão entre os mortos.Fadel Kawash, chefe do Departamento de Águas palestino, afirmou que o nível dos reservatórios aumentou bastante nos últimos dias, até que um deles estourou, "causando uma grande sujeira na vila".Ziad Abu Farya, líder do conselho da vila, descreveu a cena como "nosso tsunami".Grupos de resgate e militantes do Hamas se deslocaram ao vilarejo em busca de corpos enterrados na lama. Muitos moradores foram retirados da região."Nós perdemos tudo. Tudo ficou coberto de lama", desabafou Amina Afif, que teve a casa destruída pelo incidente.O porta-voz do Hamas Fawzi Barhoum responsabilizou as sanções impostas contra os palestinos pela falta de infra-estrutura na região.O exército de Israel ofereceu ajuda humanitária para auxiliar na limpeza da área. Ataque a ministroO ministro do Interior palestino, Hani al-Qawasmi, que foi às pressas até a vila para examinar os danos, foi alvo de atiradores enfurecidos que dispararam tiros acima de sua cabeça, disseram testemunhas. Qawasmi foi rapidamente levado para um carro da polícia. Segundo fontes policiais, Qawasmi não foi ferido.Texto ampliado às 10:21

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.