Eslovênia inicia construção de cerca na fronteira para conter fluxo imigratório

A Eslovênia anunciou nesta quarta-feira que começou a construir uma cerca de arame farpado ao longo de sua fronteira com a Croácia para controlar o fluxo de imigrantes.

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2015 | 10h50

O primeiro-ministro do país, Miro Cerar, disse um dia antes que seu país espera que cerca de 30 mil novos imigrantes cheguem pela fronteira. Seu governo teme que se a vizinha Áustria restringir a entrada, o número de pessoas aumentaria, o que seria difícil demais para o país pequeno lidar com a situação.

"Se não agirmos a tempo, isso poderia causar uma catástrofe humanitária na Eslovênia", disse Cerar. Segundo ele, a "barreira técnica" será utilizada para direcionar o fluxo de refugiados, não para fechar os 670 quilômetros de fronteira, como foi o caso na Hungria.

Cerca de 170 mil imigrantes cruzaram a Eslovênia desde meados de outubro, quando a Hungria fechou a sua fronteira com a Croácia.

O ministro do Interior, Vesna Györkös ?nidar, disse que essas medidas "não são populares, mas são necessárias". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Eslovêniaconstruçãocerca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.