Espanha alerta para ameaça de óleo nas Ilhas Canárias

O governo da Espanha emitiu um alerta de emergência ambiental neste sábado por causa de manchas de óleo que ameaçam praias no sudoeste das Ilhas Canárias. Um alerta de nível 2 foi ativado após o governo ter analisado dados atuais de correntes oceânicas do Instituto Oceanográfico da Espanha, dizendo que as manchas podem afetar parte das costas das ilhas. O nível 2 é o segundo nível de alerta mais alto.

AE, Estadão Conteúdo

25 de abril de 2015 | 19h45

O governo disse que uma praia foi sido declarada livre de resíduos de óleo e que operações de limpeza estavam em curso em outras três praias perto do conhecido ponto turístico Maspalomas, na Grã Canária, após uma mancha ter atingido a costa na quinta-feira.

Autoridades regionais foram criticadas por grupos ambientalistas como o Greenpeace após a traineira Oleg Naydenov, que pegou fogo em porto local em 11 de abril, ter sido rebocada para o mar como precaução. O barco, que transportava 1.400 toneladas de um tipo viscoso de óleo combustível, afundou em 14 de abril, cerca de 24 quilômetros ao sul da ilha. Agora, as correntes podem levar as manchas - que provavelmente vieram do barco - para outras ilhas próximas, informou o governo.

"O nível 2 de emergência está ativado para todas as ilhas Canárias, e

voos de vigilância planejados de forma proativa estão agora averiguando o sul de Tenerife e as ilhas La Gomera", informou o comunicado do governo. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.