Espanha apoiará a antecipação das eleições palestinas

O ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos, assegurou neste sábado que seu país "apoiará plenamente" a proposta lançada pelo presidente palestino, Mahmoud Abbas, de antecipar as eleições presidenciais e legislativas como "via alternativa para conseguir a unidade do povo palestino".Em entrevista, Moratinos lembrou que a Espanha "vem apoiando decididamente os esforços que o presidente palestino desenvolveu nos últimos meses em prol de um governo de união nacional", e que o Conselho Europeu encerrado nesta sexta-feira "cumprimentou em uma declaração o empenho de Abbas".O ministro afirmou que a Espanha "apoiará plenamente" a decisão de Abbas de antecipar as eleições caso ela seja formalizada, como propôs na sexta-feira o presidente palestino em discurso pronunciado em Ramalah.A antecipação do pleito proposta na manhã desta sexta-feira por Abbas foi rejeitada imediatamente pelo ministro palestino de Exteriores e dirigente do Hamas, Mahmoud Zahar.Zahar assegurou que Abbas é quem deve se demitir, caso ele tenha "se cansado da situação".Além disso, Moratinos lembrou as "graves penalidades" que sofrem os habitantes dos territórios palestinos, e por isso solicitou à população que "trabalhe unida" e utilize a via política para solucionar suas diferenças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.