Espanha corrige para 8 número de mortos em terremoto

O governo espanhol retificou na noite de hoje o número de mortos de 10 para 8 em dois terremotos registrados no sudeste do país nesta quarta-feira. Os abalos provocaram grandes danos em edifícios da cidade de Lorca, na região de Múrcia, informaram funcionários do governo.

AE, Agência Estado

11 de maio de 2011 | 19h50

Dezenas de pessoas ficaram feridas e muitas ruas de Lorca foram cobertas por destroços que caíram das fachadas de prédios. O epicentro dos tremores - de magnitude 4,4 e 5,2 - foi localizado perto de Lorca. O primeiro tremor ocorreu por volta das 17h (horário local, 12h em Brasília) e o segundo ocorreu duas horas mais tarde.

Segundo comunicado do gabinete do primeiro-ministro, José Luis Rodríguez Zapatero, o tremor causou danos na cidade de Lorca e áreas próximas. Zapatero foi informado do desastre durante uma reunião com o rei Juan Carlos. O rei e o premiê conversaram logo a seguir com o presidente da região de Múrcia e Zapatero ordenou o envio imediato de unidades militares de emergência para a região. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhaterremotomortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.