Espanha declara 3 dias de luto por vítimas de tragédia

Autoridades espanholas declararam hoje três dias de luto nacional pelas 153 pessoas mortas no pior desastre aéreo ocorrido na Espanha em quase 25 anos. A bandeira espanhola foi hasteada a meio mastro nos edifícios públicos do país em sinal de luto. O rei Juan Carlos e a rainha Sofia pretendem visitar hoje um necrotério improvisado onde as pessoas esperam encontrar os restos mortais de seus familiares. Dezenove das 172 pessoas a bordo sobreviveram ao acidente ocorrido ontem, quando um avião da companhia aérea Spanair com destino às Ilhas Canárias caiu durante uma tentativa de decolagem no aeroporto de Barajas, em Madri.A causa do acidente ainda é desconhecida e peritos investigam a tragédia. De acordo com a Spanair, o piloto do MD-82 da empresa reportou inicialmente um problema com um dispositivo de temperatura na parte externa da aeronave. Isso fez com que o vôo sofresse atraso de uma hora até a reparação do problema. O avião bateu no final da pista durante a segunda tentativa de decolagem. A aeronave pegou fogo e foi quase totalmente destruída.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.