Espanha detém 14 vinculados à juventude do ETA

A polícia espanhola deteve hoje 14 pessoas que supostamente reorganizavam a cúpula da SEGI, a organização juvenil ligada ao ETA (Pátria Basca e Liberdade). A operação foi realizada durante a madrugada no País Basco e na vizinha comunidade de Navarra. Os detidos, com idades entre 20 e 29 anos, formavam a estrutura dirigente da SEGI, informou o Ministério do Interior, em comunicado.

AE-AP, Agência Estado

22 de outubro de 2010 | 13h23

A polícia afirmou que o ETA continua recrutando pessoas por meios da organização. Alguns dos detidos podem ter ligação com atos de violência no País Basco. "Não vamos permitir que o ETA se reorganize e queremos evitar episódios de violência nas ruas", disse o ministro do Interior Alfredo Pérez. "Eles tentam articular uma nova direção para a SEGI e a polícia os deteve".

Os agentes policiais apreenderam documentos, registros eletrônicos e 46 mil euros em dinheiro. O ETA, considerado uma organização terrorista pela União Europeia (UE) e pelos Estados Unidos, declarou uma trégua unilateral em 5 de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhajuventudeETA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.