Espanha detém dois supostos membros da Al-Qaeda

A polícia espanhola deteve neste sábado dois supostos membros da rede terrorista Al-Qaeda, liderada por Osama bin Laden. Os dois, um marroquino e um argelino, foram detidos por ordem do juiz Baltasar Garzón como parte de uma operação que levou à prisão oito pessoas na Espanha em novembro passado por supostas ligações com os atentados terroristas em 11 de setembro nos Estados Unidos. Segundo a agência de notícias espanhola Efe, os suspeitos, cujos nomes não foram informados, foram detidos em Hospitalet, uma cidade ao norte de Barcelona. Leia o especial

Agencia Estado,

19 Janeiro 2002 | 16h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.