Espanha discute 'acesso universal' a touradas

Deputados do conservador Partido Popular, da Espanha, evocaram ontem os direitos constitucionais de igualdade e liberdade para justificar que os cidadãos possam "ir ou não ir" a touradas, segundo a sua vontade. A Câmara discute uma iniciativa das Entidades Taurinas da Catalunha - onde as corridas de touros foram proibidas há pouco mais de um ano - para que os eventos sejam declarados de interesse cultural em todo o país.

O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.