Espanha em estado de alerta contra terrorismo

A Espanha colocou em estado de alerta os agentes responsáveis pela vigilância de atividades de grupos islâmicos no país, ao mesmo tempo em que especialistas em luta contra o terrorismo acreditam que o ataque ao restaurante espanhol em Casablanca (Marrocos) tratou-se de uma vingança pelo apoio de Madri à guerra no Iraque, informa o jornal El País em sua edição de hoje.Para um funcionário do governo citado pelo diário, "se anteriormente a ameaça terrorista contra a Espanha era secundária, agora ela se nivelou a dos interesses dos EUA, Grã-Bretanha e Israel em todo o mundo, sem dúvida em conseqüência da guerra no Iraque". O jornal não identificou sua fonte.Não há no artigo comentários de funcionários do Ministério do Interior, que é responsável pelas unidades antiterroristas espanholas.O ataque ocorrido na noite de sexta-feira em um restaurante de Casablanca foi o mais sangrento de uma série de ações suicidas com bombas que deixaram 41 mortos na capital econômica do Marrocos. Acredita-se que 20 pessoas tenham morrido no restaurante, localizado em um clube social denominado "Casa da Espanha".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.