Espanha está prestes a esmagar o ETA, diz Zapatero

A captura do suposto líder do ETA pôs a Espanha próxima do momento de esmagar de vez o grupo armado separatista basco, disse o primeiro-ministro Jose Luis Rodriguez Zapatero em entrevista publicada pelo jornal El Pais neste domingo. De acordo com Zapatero, a prisão de Mikel Antza e a captura de um grande depósito de armas, neste mês, permitem que se alimente um otimismo cauteloso quanto à eliminação total do ETA. "Acho que estamos perto de eliminar a violência", disse Zapatero numa entrevista ampla, concedida para discutir seus primeiros seis meses no poder. O ETA reivindica responsabilidade por dezenas de ataques que mataram 800 pessoas ao longo de 30 anos.

Agencia Estado,

17 Outubro 2004 | 10h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.