Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Espanha impõe novas restrições de circulação para conter surto da covid-19

Região da Galícia ordenou neste domingo medidas de contenção a 70 mil pessoas; no sábado, governo da Catalunha impôs quarentena a 200 mil habitantes

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2020 | 11h39

MADRID - A região da Galícia, no noroeste da Espanha, impôs restrições de circulação a cerca de 70 mil pessoas neste domingo, 5, após novo surto da covid-19. A medida ocorre um dia depois da Catalunha ordenar o confinamento de 200 mil habitantes para conter a propagação do novo coronavírus.

Pessoas que vivem em La Mariña, na costa norte da Espanha, na província de Lugo, não poderão deixar a área da meia-noite deste domingo até a sexta-feira, 10. O prazo termina dois dias antes das eleições regionais na Galícia, marcadas para 12 de julho.

O governo regional disse que os moradores serão autorizados a se deslocar por La Mariña, mas somente aqueles que precisam viajar a trabalho serão autorizados a sair ou entrar na cidade.

O Ministro Regional da Saúde, Jesus Vázquez Almuina, disse durante entrevista coletiva neste domingo que os maiores surtos da covid-19 estavam ligados a bares da região. Autoridades sanitárias regionais informaram ter registrado 258 casos na Galícia, 117 na província de Lugo.

A capacidade em bares e restaurantes será reduzida para 50% e as pessoas terão que usar máscaras, mesmo que ao ar livre, em praias ou em piscinas, disseram as autoridades.

O Ministro da Saúde da Espanha, Salvador Illa, disse neste domingo que o ministério estava acompanhando as situações na Galícia e na Catalunha de perto. "O distanciamento social e as medidas de bloqueio foram a chave para achatarmos a curva. Agora eles são novamente necessários para parar os surtos", disse ele em um tuíte.

A Espanha registrou 205.545 casos do novo coronavírus e 28.385 mortes, de acordo com dados do Ministério da Saúde. É um dos países mais afetados da Europa. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.