Espanha pede avião emprestado à Otan para casamento real

A Espanha pediu à Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) que lhe empreste um avião de reconhecimento Awacs para reforçar a segurança para o casamento do príncipe herdeiro Felipe, dia 22 em Madri, revelou hoje o jornal El Mundo. O Ministério da Defesa recusou-se a comentar a notícia.O plano de segurança para o casamento - que se realizará dois meses após o ataque de militantes islâmicos a Madri, que matou 191 pessoas na explosão de duas estações de trem ? inclui o fechamento do espaço aéreo sobre a capital e a suspensão do acordo com a União Européia, que elimina a apresentação de passaportes nas fronteiras.Aviões de guerra F-18 patrulharão os céus de Madri, de acordo com o jornal El País.Cerca de 10.000 policiais estarão nas ruas da cidade, especialmente no trajeto, ainda secreto, do cortejo nupcial.O príncipe, de 35 anos, vai casar-se com Leticia Ortiz, 31, ex- anchorwoman do canal estatal da TV espanhola.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.