Espanha: polícia desarma bomba do ETA

A polícia espanhola conseguiu nesta madrugada desarmar mais uma bomba instalada em um automóvel, em uma estação turística no sudeste da Espanha. Algumas horas antes, um policial morreu após a explosão de uma bomba no norte da Catalunha. O grupo separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade), foi responsabilizado pelos atentados. Desde a suspensão do cessar-fogo, que durou 14 meses, em dezembro de 1999, o ETA vem promovendo uma nova campanha de violência no país. Com este crime, sobe para 796 o número de pessoas - entre civis e militares - assassinadas pelo grupo separatista, que luta pela independência do País Basco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.