Espanha prende 7 por recrutar guerrilheiros para o Iraque

Um juiz espanhol mandou prender sete pessoas, acusadas de recrutar combatentes para a insurgência iraquiana, informam fontes do Judiciário. Entre os recrutas aliciados pelo grupo estaria o cidadão argelino que matou 19 italianos em um atentado suicida, em novembro de 2003. Um oitavo suspeito - ao todo, 21 pessoas foram presas nesta semana, numa série de batidas policiais - foi solto, mas recebeu ordem de entregar o passaporte. Os outros 13 suspeitos serão interrogados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.