Espanha prende 8 por supostas ligações com Al-Qaeda

A polícia da Espanha alega que oito pessoas foram presas suspeitas de recrutar militantes jihadistas para grupos ligados a Al-Qaeda na Síria.

AE, Agência Estado

21 de junho de 2013 | 07h41

O ministério do Interior afirmou que as prisões foram feitas início desta sexta-feira em Ceuta, cidade autônoma da Espanha no norte da África.

Segundo o comunicado do ministério, o grupo é suspeito de enviar dezenas de potenciais combatentes da Espanha e Marrocos à Síria. Alguns deles já teriam feito ataques suicidas, acrescentou, enquanto outros teriam sido enviados para campos de treinamento.

O ministério disse que o grupo reunia os "recrutas" e oferecia dinheiro e recursos para viajar para o exterior, sob as ordens da Al-Qaeda. Detalhes sobre as identidades dos presos não foram imediatamente disponibilizadas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
espanhaprisões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.