Espanha prende mais um suspeito pelo atentados

Policiais que investigam os atentados contra Madri detiveram um marroquino cujo telefone celular foi encontrado nas ruínas de um apartamento onde sete suspeitos detonaram explosivos atados ao corpo quando estavam prestes a ser capturados, informou neste sábado (08) o Ministério de Interior da Espanha. O homem, cujo identidade não foi divulgada, foi detido na noite de quinta-feira em Parla, logo ao sul de Madri, informou uma fonte ministerial. O aparelho de telefonia do suspeito foi encontrado depois do incidente de 3 de abril, quando a polícia realizada uma operação de busca e apreensão no âmbito das investigações dos atentados de 11 de março, nos quais 191 pessoas morreram e mais de 2 mil ficaram feridas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.