Paul White/AP
Paul White/AP

Espanha prende três membros da Al-Qaeda

Homens levavam consigo explosivos quando foram presos na cidade de La Linea

AE, Agência Estado

02 de agosto de 2012 | 08h52

Texto atualizado às 9h43

MADRI - A polícia espanhola disse nesta quinta-feira, 2, que foram presos três homens suspeitos de serem integrantes da Al-Qaeda. Um porta-voz afirmou que um russo, um checheno e um turco foram detidos. ministro do Interior, Jorge Fernandez, vai dar mais informações ainda hoje.

Veja também:

linkFilipinas captura líder de grupo ligado à Al-Qaeda

link'O Brasil é importante na luta contra o terror'

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

O ministro do Interior, Jorge Fernandez, disse que esta é uma das mais importantes operações realizadas contra a Al-Qaeda. Ele disse que a ação envolveu serviços de inteligência de "aliados da Espanha". "Autoridades espanholas vinham observando os suspeitos há algum tempo", disse o ministro, sem dar maiores detalhes.

 

A imprensa da Espanha reportou que os homens levavam consigo explosivos e venenos quando foram presos em La Linea, cidade próxima à colônia britânica de Gibraltar.

A mídia informou também que acredita-se que os suspeitos foram treinados no Paquistão. O porta-voz que conversou com a Associated Press negou que os três carregavam venenos.

A polícia do país prendeu dezenas de suspeitos da Al-Qaeda desde 2001.

As informações são da Associated Press.

 

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaAl-Qaedaprisões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.