Espanha proibirá uso de celulares por maquinistas

A Espanha proibirá o uso de telefones celulares por maquinistas durante viagens de trem. A medida é uma resposta ao descarrilamento de um trem de alta velocidade no qual 79 pessoas morreram em Santiago de Compostela em 24 de julho. Será aberta exceção apenas para casos de emergência.

AE, Agência Estado

03 de dezembro de 2013 | 14h05

O anúncio foi feito nesta terça-feira por Ana Pastor, ministra de Fomento da Espanha. Ainda segundo ela, o governo pretende instalar "caixas-pretas" similares às usadas em aviões para ter um panorama mais completo em futuros incidentes ocorridos em viagens de trem.

Em depoimento a investigadores, o maquinista do trem acidentado em julho admitiu que viajava muito acima da velocidade recomendada para o trecho e que conversava com um colega ao telefone momentos antes da tragédia. Ele deve ser indiciado formalmente por homicídio múltiplo por negligência. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhatremdescarrilamentocelular

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.