Espanha: Rajoy obtém apoio de líderes a medidas

O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, obteve neste sábado o apoio dos principais líderes e dos presidentes regionais de seu partido nas localidades governadas pelo PP (Partido Popular) às medidas de austeridade anunciadas neste mês para reduzir o déficit orçamentário do país, informa o diário espanhol El País. Foi a primeira reunião de Rajoy com todos os líderes regionais após o anúncio recente dos cortes em saúde e educação pelo seu governo.

ANDRÉIA LAGO, Agência Estado

14 de abril de 2012 | 14h47

Após a reunião, os líderes do PP divulgaram uma declaração conjunta manifestando seu compromisso com a meta de déficit orçamentário e com as reformas econômicas do governo. A iniciativa, segundo o El País, é um esforço do governo Rajoy para mostrar aos mercados que conta com uma maioria absoluta e autonomia para levar adiante as propostas para enfrentar a crise econômica e financeira da Espanha.

Segundo o diário espanhol, durante a reunião na sede nacional do partido do premiê, em Madri, também foram discutidas propostas feitas por presidentes autônomos de um novo Pacto de Moncloa para enfrentar a crise econômica do país, em referência aos acordos entre os partidos espanhóis fechados em 1977 para conduzir a Espanha do franquismo para a democracia, firmados no Palácio de Moncloa, em Madri.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhacriseajuste fiscal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.