Espanha resgata quase 300 imigrantes em balsa

Autoridades espanholas resgataram hoje 299 imigrantes de uma balsa que estava em frente às Ilhas Canárias. O diretor de resgate marítimo, Aníbal Carrillo, informou que é o número mais alto de imigrantes que viajava somente em uma embarcação. Segundo Carrillo, havia 25 crianças na balsa e quatro dos tripulantes tinham hipotermia. Os resgatados eram imigrantes do sul do Sahara, encontrados a 80 quilômetros da ilha Gran Canária. Acredita-se que o barco partiu da Mauritânia há quatro dias.Milhares de africanos em busca de uma vida melhor na Europa fazem o perigoso trajeto em embarcações abarrotadas. Em sua maioria são interceptados, mas centenas de outros morrem no caminho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.