Espanha termina de identificar vítimas de acidente aéreo

Ao todo, 154 pessoas morreram no acidente no aeroporto de Madri, entre eles, um brasileiro recém-casado

Associated Press, Agência Estado

30 de agosto de 2008 | 10h25

O Ministério do Interior da Espanha informou que todos os 154 corpos das vítimas do acidente aéreo, na semana passada, no aeroporto de Madri, foram identificados e estão sendo enviados aos parentes. Um dos mortos no acidente era o brasileiro Ronaldo Gomes Silva. Muitos dos corpos estavam severamente queimados, o que exigiu o uso de impressão digital e informações de DNA para identificação.Veja também:''Combinação de falhas'' derrubou aeronaveAssista ao vídeo Especial: Como foi o acidente na EspanhaAvião da Spanair girou e houve 'forte golpe', diz sobrevivente Apenas 18 dos 172 passageiros a bordo do avião da companhia Spanair, vôo JK5022 de Madri para as Ilhas Canárias, sobreviveram ao acidente em 20 de agosto. Uma investigação sobre as causas ainda está em andamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.