Adria Ropero/EFE
Adria Ropero/EFE

Espanha vai editar decreto facilitando transferência de empresas em meio à crise na Catalunha

Medida tem grande potencial para prejudicar finanças na região, que busca sua independência

O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2017 | 16h09

MADRI - O governo espanhol vai editar um decreto na sexta-feira, 5, tornando mais fácil para as empresas transferirem sua sede jurídica para fora da Catalunha, disseram duas fontes. A medida poderia causar um duro golpe às finanças da rica região que considera declarar independência.

Catalunha, um dos motores da economia da Espanha

O novo decreto é feito sob medida para o banco espanhol Caixabank, disseram fontes com conhecimento do assunto, já que possibilitaria ao banco alterar sua sede legal e tributária sem ter que realizar uma assembleia de acionistas conforme estabelecido em seu estatuto.

+ Os possíveis cenários na Catalunha diante do plebiscito de independência

“O governo está trabalhando na mudança da lei para que não seja mais necessário ter uma assembleia de acionistas, o que atrasaria a mudança de sede jurídica em caso de emergência”, disse uma das fontes. O governo e a Caixabank se recusaram a comentar.

Catalunha, realidade e aparência

A Catalunha representa 19% do PIB espanhol de 2016, competindo diretamente com a capital Madri (18,9%) para ser a região mais rica do país. A região é a principal região exportadora da Espanha, com cerca de 25% das vendas do país ao exterior em 2016 e no primeiro trimestre de 2017. / Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.