Espanha vai processar general

O juiz espanhol Fernando Abreu, da Audiência Nacional (a principal instância penal do país), abriu investigação contra o ex-ministro da Defesa de Israel Benjamin Ben-Eliezer e seis militares por suposto crime contra a humanidade. Eles são acusados de ter organizado, em 2002, um bombardeio contra o grupo islâmico Hamas na Faixa de Gaza que deixou 15 mortos na região - entre eles, crianças. O ministro da Defesa israelense, Ehud Barak, disse em um comunicado que lutará "vigorosamente" contra as acusações e fará de tudo para anular o processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.