Espanhol é seqüestrado no centro da Faixa de Gaza

Um espanhol que trabalha para uma ONG foiseqüestrado nesta segunda-feira no centro da Faixa de Gaza, informaram fontes dasegurança palestina. Roberto Villa, da Assembléia de Cooperação pela Paz, foiseqüestrado quando viajava com sua namorada, de origem belga, pelosul da Faixa de Gaza em direção à cidade de Khan Yunes. Os seqüestradores teriam parado o carro no qual os dois viajavam,libertado a belga e levado Villa. Outras fontes palestinas, noentanto, disseram que se trata de dois seqüestrados e que sedesconhece a identidade do segundo, aparentemente tambémEstrangeiro. As fontes disseram que as vítimas foram colocadas à força em umveículo amarelo perto da localidade de Dir el-Balak e dali levadosem direção ao sul da Faixa de Gaza. Trata-se do segundo seqüestro de um espanhol em menos de umasemana depois de o fotógrafo Emilio Fernández Morenatti permanecercativo durante 16 horas em poder de um grupo de delinqüentes naFaixa de Gaza. Durante o fim de semana houve uma onda de seqüestros na Faixa deGaza. Pelo menos sete palestinos foram seqüestrados por homensarmados, na maior parte dos casos devido a ajustes de contas edisputas familiares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.