Espanhola de 67 anos se torna mãe mais velha do mundo

Uma espanhola de 67 anos se tornou a mãe mais velha do mundo neste sábado, 30, após dar à luz gêmeos, informou um hospital de Barcelona.A mulher, que engravidou após realizar tratamento na América Latina, passou por uma cesária, disse uma porta-voz do hospital de la Santa Creu e San Pau à agência de notícias Reuters.Tanto a mulher, que pertence à região sul espanhola de Andaluzia, como os bebês estão em bom estado de saúde, informou o hospital, embora os gêmeos estejam em uma incubadora.A espanhola, que se tornou mãe pela primeira vez, é um ano mais velha que a romena Adriana Iliescu, que teve uma filha em janeiro aos 66 anos. Ela também estava grávida de gêmeos, mas uma criança morreu no útero.O hospital não quis divulgar o nome da mãe ou o sexo dos bebês para respeitar a privacidade da paciente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.