Especialista em leis da chancelaria britânica pede demissão

A conselheira sobre questões legais internacionais da chancelaria britânica, Elizabeth Wilmhurst, pediu demissão de seu cargo em protesto pela participação da Grã-Bretanha "em uma guerra contra o Iraque sem o aval dasNações Unidas", informa o jornal The Guardian.A renúncia de Wilmhurst, de 54 anos, relança a discussão sobre a legalidade da guerra contra o Iraque e põe em apuros o chanceler Jack Straw e o primeiro-ministro Tony Blair.O "Foreign Office" (como é chamada a chancelaria), confirmou a renúncia da funcionária, uma respeitada especialista emquestões do direito internacional que trabalhava no ministério desde 1977.Esta demissão se soma às oitos registradas esta semana em vários setores do governo de Blair. O funcionário mais importante a renunciar foi o secretário para as Relações com o Parlamento e chefe da bancada governista na Câmara dos Comuns,Robin Cook.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.