Espionagem dos EUA ameaça acordo comercial com UE

Autoridades europeias advertiram hoje que a espionagem norte-americana pode afetar a negociação de um acordo comercial entre Estados Unidos e União Europeia (UE).

AE, Agência Estado

28 de outubro de 2013 | 16h17

O presidente da comissão de Relações Exteriores do Parlamento Europeu, Elmar Brok, disse hoje a jornalistas que a cooperação no combate ao "terrorismo" deve continuar, mas com mais respeito à privacidade dos europeus.

Segundo Brok, a privacidade dos cidadãos europeus precisa ser garantida pelos acordos de proteção de dados que estão sendo negociados como parte de um pacto comercial transatlântico. Caso os dois lados não cheguem a solução para a crise, todo o acordo poderá ser afetado, prosseguiu.

Os comentários de Brok vêm à tona em meio a novas revelações sobre as ações de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) contra líderes de países aliados e a coleta de dados telefônicos de milhões de europeus. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAespionagemEuropaUEacordocomércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.