Jorge Cabrera/Reuters
Jorge Cabrera/Reuters

Espiral negativa entre israelenses e palestinos é preocupante, diz ONU

Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, pede que os dois lados não aumentem as divisões já existentes

O Estado de S. Paulo

15 de janeiro de 2015 | 14h16

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, está preocupado com o fato de israelenses e palestinos terem entrado numa espiral negativa de ações e pediu que os dois lados não aumentem as divisões já existentes, disse uma autoridade de primeiro escalão da ONU nesta quinta-feira. 15.

Israel está retendo receitas tributárias cruciais para os palestinos e buscando formas de processar criminalmente líderes palestinos em relação às articulações da Autoridade Palestina para ingressar no Tribunal Penal Internacional (TPI).

"Pedimos a Israel que retome imediatamente as transferências de receitas tributárias", disse o vice-chefe para assuntos políticos da ONU, Jens Anders Toyberg-Frandzen, ao Conselho de Segurança da ONU. "O conflito israelense-palestino está entrando em um território sem regras o que, lamentavelmente, parece ter afastado qualquer esperança imediata de retomada das negociações de paz." / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
ONUIsraelpalestinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.