Esposa de diretor de jornal boliviano é morta em atentado

A esposa do diretor do jornal O Diário, da Bolívia, morreu na noite desta quarta-feira depois que uma bomba explodiu em seu carro. Teresa Guzman de Carrasco tinha deixado o marido, Jorge Carrasco, no jornal e voltava para casa quando a bomba explodiu. O motorista que conduzia o carro foi internado em uma clínica em estado grave. Agentes da polícia Técnica Judicial de La Paz montaram uma operação para encontrar os autores do atentado. O jornal O Diário, de propriedade da família Carrasco desde sua fundação em 1904, é um jornal que se caracteriza pela permanente defesa da liberdade de expressão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.