Esquerda paraguaia busca possível sucessor de Lugo

A esquerda paraguaia descartou nesta quarta-feira que o possível sucessor do atual presidente Fernando Lugo seja outro padre católico e orientou sua busca de candidatos fora do cenário político. O mandato de Lugo, ex-bispo de 60 anos que sofre de câncer linfático, termina em agosto de 2013. A constituição do Paraguai proíbe a reeleição.

AE, Agência Estado

09 de novembro de 2011 | 18h38

Segundo Sebastián Coronel, do Partido Movimento ao Socialismo, integrante da Frente Guasú, que elegeu Lugo, o próximo candidato "deve ter critérios amplos de inclusão, ser alguém que transcenda as fronteiras partidárias e com clara decisão de aprofundar a mudança que começou com Lugo". Ele também lembrou que convidaram para a candidatura o jornalista de televisão Mario Ferreiro e o empresário do setor têxtil Guillermo Caballero Vargas, fundador do Partido Encontro Nacional, mas nenhum dos dois aceitou.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ParaguaipolíticaFernando Lugo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.