Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Estação de energia iraquiana é atacada em Falluja

Desconhecidos destruíram na noite desta quinta-feira um transformador de energia na cidade de Falluja, 60 km de Bagdá, no Iraque. Tanques norte-americanos que faziam a guarda da estação de energia dispararam na direção onde as explosões aconteceram, mas não conseguiram deter os agressores.Sabotagens contra estações de energia elétrica e água têm sido alvos constantes da resistência iraquiana a presença norte-americana no Iraque. Desde a queda do ex-presidente iraquiano, Saddam Hussein, a cidade de Falluja é o local mais violento do país. Cerca de 75 mil morram em Falluja. O capitão James Brownlee, da 3ª Divisão de Infantaria, disse que o alvo do ataque eram os soldados norte-americanos, mas o míssil errou o alvo e acertou o tranformador, que continuou em chamas por 12 horas. Morte - Também nesta quinta-feira, vários manifestantes iraquianos disparam uma granada contra uma ambulância militar dos EUA, na cidade de Iskandariya, 60 km de Bagdá, matando um soldado e ferindo outros dois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.