Hani Mohammed/AP
Hani Mohammed/AP

Estadão.com.br realiza nesta segunda debate sobre revolta árabe

Os cientistas políticos Reginaldo Nasser e Heni Ozi Cukier discutem ao vivo o 1º aniversário da Primavera Árabe

O Estado de S. Paulo,

18 de dezembro de 2011 | 23h43

SÃO PAULO - O jornal O Estado de S. Paulo, o portal estadão.com.br e a TV Estadão realizam nesta segunda-feira, 19, às 17h, debate ao vivo com os cientistas políticos Reginaldo Nasser e Heni Ozi Cukier sobre o primeiro aniversário da Primavera Árabe.

 

Veja também:

forum PARTICIPE: Envie suas perguntas para o debate

especialMAPA: A revolta que abalou o Oriente Médio

mais imagens OLHAR SOBRE O MUNDO: Imagens da revolução

tabela ESPECIAL: Um ano de Primavera Árabe

 

O debate será moderado pelo editor de Internacional do jornal, Roberto Lameirinhas, e terá a participação do repórter especial Lourival Sant’Anna, que cobriu os eventos no Egito e passou um total de oito semanas deste ano acompanhando o início da guerra civil na Líbia e a tomada de Trípoli, enviando reportagens direto da linha do front.

 

O debate faz parte da programação do projeto Primavera Inacabada, lançado no último sábado com um caderno especial publicado pelo Estado. O portal acompanha a cobertura com uma página especial dedicada ao tema. O primeiro aniversário da eclosão da Primavera Árabe foi ponto de partida para uma ampla reflexão sobre o movimento que, nascido nas ruas do mundo árabe, colocou no centro das discussões globais que tipo de democracia pode ser construída no terceiro milênio e quais são os desafios atuais.

 

Perguntas poderão ser enviadas pelo e-mail estadaointer@gmail.com e, durante o debate, pela página da editoria no Facebook e pelo Twitter. No microblog, as mensagens devem ser escritas usando, no corpo, a hashtag #PrimaveraÁrabe). O debate será transmitido ao vivo pelo portal estadão.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.