REUTERS/Andrew Kelly
REUTERS/Andrew Kelly

#EstadãoExplica: como funciona a eleição presidencial nos EUA

No modelo americano, presidente é eleito por voto universal indireto por meio de 538 delegados; Seguidores do 'Estado' no Twitter escolhem tema

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de fevereiro de 2020 | 18h39

Entender o complicado processo eleitoral americano não é tarefa fácil. O pleito tem etapas primárias internas dos dois principais partidos - Democrata e Republicano - que levam à escolha dos candidatos e à campanha propriamente dita.

Nas primárias, são definidos também representantes dos eleitores, chamados "delegados". Em novembro, milhões de americanos vão às urnas, mas são os 538 representantes que elegem o presidente na prática, por meio do voto universal indireto. 

Neste ano, como o presidente Donald Trump concorre à reeleição, a disputa dentro do partido republicano será simbólica. Do lado democrata, as prévias começaram esta semana no Estado de Iowa e estão sob contínuos atrasos na divulgação dos resultados. 

Veja os detalhes no vídeo:

#EstadãoExplica

O #EstadãoExplica é uma ação do 'Estado' no Twitter, onde os usuários escolhem um tema da semana por meio de uma enquete. A consulta é publicada e fica 24 horas no ar, depois das quais o tema vencedor vira um vídeo curto e direto sobre o assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.