Estado de emergência na Coréia do Norte; 3.000 vítimas

A Coréia do Norte declarou estado de emergência depois que pelo menos 3.000 pessoas morreram ou ficaram feridas na colisão e explosão de dois trens carregados de combustível nas proximidades da fronteira com a China, informa a mídia sul-coreana. O número de vítimas, citado pelo canal de notícias sul-coreano YTN, tem como fonte pessoas no lado chinês da fronteira.?A área ao redor da estação Ryongchon virou uma ruína, como se tivesse sido bombardeada?, informa a agência de notícias sul-coreana Yonhap, citando testemunhas. ?Destroços da explosão vorama alto no céu e chegaram a Sinuju?, uma cidade norte-coreana na fronteira chinesa.Num sinal da magnitude do acidente, o governo norte-coreano cortou as linhas telefônicas internacionais para impedir que a notícia chegasse ao exterior, disse a Yonhap.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.