Estado de emergência na fronteira de Equador e Colômbia

O presidente do Equador, Gustavo Noboa, decretou estado de emergência no Estado de Sucumbios, que faz fronteira com a Colômbia. O motivo é a retomada dos combates entre o Exército colombiano e os guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). O governo colombiano iniciou sua ofensiva contra os rebeldes nesta quinta-feira, um dia depois do colapso das conversações de paz iniciadas em 1998.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.