Estado de saúde de Hugo Chávez é 'estável', diz ministro

O estado de saúde do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, é "estável", afirmou o ministro da Informação do país, Ernesto Villegas, na noite de segunda-feira. Chávez está internado num hospital de Cuba em razão de um câncer na região pélvica, mas no momento passa por um tratamento contra uma grave infecção respiratória.

AE, Agência Estado

08 de janeiro de 2013 | 10h05

Villegas afirmou que o governo venezuelano está em "permanente contato" com a equipe médica que cuida do presidente e com parentes, que estão com ele em Havana. Outras autoridades do governo da Venezuela reiteraram que o presidente não precisa ser empossado para seu novo mandato na quinta-feira, como está previsto na Constituição e que Chávez pode tomar posse numa data posterior. A questão é polêmica e na segunda-feira até mesmo a igreja católica afirmou que a estabilidade política e social da Venezuela corre "grave risco" em razão da falta de informações claras sobre a saúde do presidente.

"A saúde do presidente está estável na comparação com o que foi descrito no boletim mais recente", disse Villegas, lendo um comunicado na televisão. Segundo ele, Chávez é tratado de uma insuficiência respiratória, consequência de uma infecção pulmonar, mas o ministro não forneceu detalhes sobre os cuidados recebidos pelo presidente

Médicos não ligados ao tratamento do presidente venezuelano dizem que as descrições divulgadas indicam que Chávez pode estar respirando com a ajuda de aparelhos, mas que pode não ser o caso, já que as informações obtidas são muito vagas.

O presidente da Venezuela não fala em público desde antes de se submeter à quarta cirurgia contra o câncer em Cuba, realizada em 11 de dezembro. Autoridades do governo dizem que o estado de saúde de Chávez é delicado, mas não divulgaram detalhes sobre as complicações. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaChávezsaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.