EFE/Yury Senatorov
EFE/Yury Senatorov

Estado de saúde do ex-espião Sergei Skripal melhora, afirmam médicos

Hospital britânico onde Skripal está internado divulgou que seu estado deixou de ser crítico e que ele está melhorando rapidamente

O Estado de S.Paulo

06 Abril 2018 | 16h06

LONDRES - Médicos britânicos afirmaram nesta sexta-feira, 5, que o ex-espião Sergei Skripal, de 66 anos, não está mais em estado crítico. Ele foi envenenado com um agente neurotóxico há um mês e está internado no Hospital do Distrito de Salisbury desde então. A diretora-médica do hospital, Christine Blanshard, afirmou que Skripal "está respondendo bem ao tratamento, melhorando rapidamente e não está mais em estado crítico".

+ Filha de ex-espião russo envenenada na Inglaterra diz se sentir 'cada dia melhor'

+ 'Se fosse um ataque russo, eles estariam mortos', diz criador de veneno usado no Reino Unido

O ex-espião russo e sua filha Yulia, de 33 anos, foram encontrados desacordados em no banco de um parque no dia 4 de março. As autoridades britânicas afirmam que os dois foram expostos a um agente neurotóxico de grau militar e acusaram a Rússia pelo envenenamento. Yulia já está consciente e tem a saúde estável. O governo russo negou a responsabilidade pelo caso. // AP

Mais conteúdo sobre:
RússiaInglaterra [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.