AP
AP

Estado Islâmico ameaça Grã-Bretanha em novo vídeo

Militante mascarado que aparece na gravação diz que Cameron é um 'escravo da Casa Branca' e que irá 'perder essa guerra'

O Estado de S. Paulo

03 Janeiro 2016 | 15h17

LONDRES - O grupo extremista Estado Islâmico divulgou neste domingo, 3, um vídeo no qual ameaça a Grã-Bretanha e o primeiro-ministro do país, David Cameron. Nas imagens, cinco homens de aparência árabe, que seriam espiões a serviço do governo britânico, foram mortos a tiros.

As ameaças contra a Grã-Bretanha foram feitas por um militante mascarado que tinha forte sotaque britânico. Ele disse que Cameron é um "escravo da Casa Branca" e que irá "perder essa guerra, como perdeu a do Iraque e do Afeganistão".

As imagens mostram também uma criança com sotaque britânico usando uma roupa de camuflagem e uma faixa preta na cabeça, característica do grupo.

A força aérea britânica realizou ao menos dez ataques aéreos contra o Estado Islâmico na Síria desde o início de dezembro. Aviões de guerra da Grã-Bretanha também bombardearam alvos no Iraque. /DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.