Estado Islâmico ataca mais vilas cristãs no nordeste da Síria

Militantes do Estado Islâmico atacaram uma série de vilas, predominantemente cristãs, no nordeste da Síria neste sábado, o que desencadeou violentos confrontos com milicianos curdos e seus aliados locais.

Estadão Conteúdo

07 Março 2015 | 11h21

O ataque começou de madrugada e teve como alvo pelo menos três vilas próximas à cidade de Tal Tamr, ao longo do rio Khabur, província de Hassakeh. No mês passado, o Estado Islâmico sequestrou mais de 220 cristãos na mesma área, após tomar várias comunidades agrícolas na margem sul do rio.

Os combates deste sábado se concentraram nas vilas da margem norte. Os militantes querem capturar Tal Tamr, cruzamento estratégico que fica a cerca de 35 quilômetros da cidade de Hassakeh, informou Osama Edwards, diretor da Rede Assíria pelos Direitos Humanos.

"As batalhas são bastante intensas agora, muito violentas", disse Edwards, que trabalha na Suécia. "Tal Tamr é o principal objetivo do Estado Islâmico, pois dará ao grupo o corredor para a fronteira leste, como Iraque."

O Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, sediado em Londres, também relatou os combates nas proximidades de Tal Tamr, que, segundo afirmou, estava sob disparos de artilharia do Estado Islâmico. Rami Abdurrahman, diretor do Observatório, disse que o Estado Islâmico inicialmente obteve ganhos antes de combatentes curdos e milicianos locais fazerem com que recuassem. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.