Reuters
Reuters

Estado Islâmico divulga vídeo ameaçando o Irã

A gravação também mostra o grupo sunita decapitando soldados, aparentemente xiitas

O Estado de S.Paulo

27 de março de 2017 | 21h04

TEERÃ - O grupo Estado Islâmico divulgou ontem um  vídeo ameaçando o Irã e o aiatolá Ali Khamenei por seu envolvimento nos conflitos no Oriente Médio.

O vídeo de 36 minutos, que também exibe imagens de soldados sendo decapitados, um deles com um distintivo do imã Hussein, usado por milicianos xiitas, foi divulgado pe por meio das redes sociais do grupo.

Um homem com capuz, falando em persa, faz ameaças diretas contra o líder supremo do Irã "Você Khamenei, que controla o chamado regime islâmico iraniano, pode estar certo de que logo destruiremos sua casa desta forma", disse, apontando para as ruínas às suas costas.

O Irã, um país majoritariamente xiita, tem sido um aliado-chave dos governos do Iraque e da Síria em suas tentativas de derrotar os grupos jihadistas sunitas. O Irã, vizinho do Iraque, enviou milhares de combatentes e altos conselheiros militares aos dois países.

O Estado Islâmico e outros grupos extremistas consideram os xiitas hereges. No vídeo, o EI acusa os iranianos de terem perseguido os sunitas por séculos.

"Vamos conquistar o Irã e restaurá-lo  para a nação muçulmana sunita, como era antes", disse outro homem na gravação. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.