Reuters
Reuters

Estado Islâmico liberta 270 sequestrados na Síria

Grupo tinha capturado mais de 400 pessoas, a maioria mulheres e crianças, durante ataque no sábado à cidade de Deir es-Zor

O Estado de S. Paulo

20 Janeiro 2016 | 08h00

BEIRUTE - O Estado Islâmico libertou de suas prisões 270 pessoas dos 400 civis, a maioria mulheres e crianças, que havia sequestrado quando seus combatentes atacaram no sábado áreas controladas pelo governo na cidade de Deir es-Zor, no leste da Síria, informou um grupo que monitora a situação no país.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos disse que o grupo extremista havia sequestrado outras 50 pessoas na terça-feira durante invasões de casas em regiões da cidade que ocupou depois de quatro dias de combates. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
EI sequestrados libertação Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.