AP Photo/SANA
AP Photo/SANA

Estado Islâmico toma de facções armadas sírias o controle de cinco povos em Alepo

Houve confrontos intensos durante a madrugada entre os dois grupos. Jihadistas conseguiram avançar e conquistar as regiões de Tel Hasin, Dudian, Yarz, Yehmul al Firuzia e Telin Hasin

O Estado de S. Paulo

27 Abril 2016 | 11h53

BEIRUTE - O grupo terrorista Estado Islâmico tomou nesta quarta-feira, 27, de facções armadas sírias o controle de cinco povos do norte da província de Alepo, na fronteira com a Turquia, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG explicou que durante a madrugada explodiram confrontos intensos entre ambos os grupos. Os jihadistas conseguiram avançar e conquistar as localidades de Tel Hasin, Dudian, Yarz, Yehmul al Firuzia e Telin Hasin.

Os enfrentamentos ainda prosseguem e grupos rebeldes tentam recuperar o terreno perdido.

Há um mês, várias organizações insurgentes sírias lançaram uma ofensiva no norte de Alepo contra os jihadistas na qual conseguiram tomar o controle de 15 km do território.

Atualmente está vigente na Síria um cessar-fogo aceito pelo governo de Damasco e pela Comissão Suprema para as Negociações (CSN), principal aliança opositora, do qual o Estado Islâmico foi excluído.

A organização extremista proclamou um califado no final de junho de 2014 na Síria e Iraque, quando tomou o controle de partes do norte e do centro de ambos os países. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Estado Islâmico Síria Alepo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.