Estados Unidos estudam novos alvos, diz Powell

O secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, disse que as ameaças do líder do grupo al-Qaeda ontem eram preocupantes, mas que os EUA atingirão seus objetivos. Em várias entrevistas concedidas na televisão esta manhã nos EUA, Powell disse que as palavras do al-Qaeda eram esperadas de pessoas más. Ele acrescentou que a campanha deve levar um longo tempo daqui por diante. O secretário disse também que os militares norte-americanos esgotaram seus alvos no Afeganistão e que os EUA procuravam por alvos adicionais no local. Powell disse ainda que todos querem uma campanha militar curta no Afeganistão, mas que o importante era eliminar a rede terrorista no país.Ele afirmou que as manifestações contrárias aos EUA realizadas no Paquistão são pequenas, se considerado o tamanho do país e que o presidente do Paquistão, o general Pervez Mussaraf, está seguro e estável.Questionado se a campanha contra o terror poderá ir além do Afeganistão, Powell repetiu a política dos EUA de procurar pelos terroristas onde estiverem e que as nações que os apóiam irão pagar as conseqüências.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.