Estados Unidos pedem que Irã obedeça demandas do CS

A Casa Branca afirmou na quarta-feira, 27, que mais desobediência do Irã sobre seu programa nuclear apenas "pioraria a situação" iraniana na comunidade internacional.O comentário veio depois do parlamento iraniano aprovar uma lei que obriga o governo a "revisar" o nível de cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) - um órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU). A legislação pede ainda que a administração do presidente Mahmoud Ahmadinejad "acelere as atividades nucleares iranianas".O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade a imposição de sanções ao Irã no sábado, que afetam o comércio de material e tecnologia nuclear.Os Estados Unidos pressionavam por sanções desde que Teerã se recusou a parar suas atividades de enriquecimento de urânio. Os EUA suspeitam que o programa nuclear do Irã seja um disfarce para o desenvolvimento de armas. A República Islâmica insiste que suas intenções são puramente civis."Esperamos que o regime iraniano deixe as ameaças e a confrontação de lado e comece a cooperar imediatamente com todas as exigências do Conselho de Segurança", disse o porta-voz da Casa Branca Scott Stanzel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.