Reuters
Reuters

'Estamos preparados para esse tipo de ameaça', diz capitão na Síria

Lourival Sant Anna entrevista o capitão-de-mar-e-guerra Alexandre Feitosa, encarregado de planejamento da missão da ONU na Síria, sobre o atentado a bomba contra o comboio dos observadores e sobre a situação no país

estadão.com.br,

10 Maio 2012 | 17h10

DAMASCO -  O capitão Alexandre Feitosa, encarregado de planejar a missão da ONU na Síria, disse nesta quinta-feira, 10, que soldados estão "preparados" para explosões como a que matou 55 pessoas na manhã desta quinta-feira.

Ouça trechos da entrevista:

som Lourival Sant"Anna entrevista capitão Alexandre Feitosa, que relata explosão na Síria

som Imagens vs realidade na Síria

som 'Explosão não muda missão', diz Feitosa

Segundo Feitosa, os enviados da ONU que faziam escolta "não viram" cenas - como as que estavam sendo exibidas na televisão - de pessoas ensanguentadas. "A gente continua com o mesmo pensamento positivo", afirmou o capitão, confirmando o prosseguimento da missão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.