Estão desaparecidos 12 corpos do acidente aéreo na Sibéria

As autoridades russas ainda não sabem do paradeiro de doze passageiros do avião Airbus que caiu no sábado à noite no aeroporto de Irkutsk, na Sibéria, deixando 124 mortos. Segundo o Ministério de Situações de Emergência, 204 pessoas viajavam no avião da Sibir, incluindo três passageiros que nãoestavam na lista oficial, de acordo com a agência Itar-Tass."O Hospital recebeu 56 pessoas, dentre as quais três membros da tripulação e três pessoas que não estavam na lista de passageiros. Além disso, 12 pessoas deixaram o avião caminhando", disse umporta-voz do Ministério. Até o momento, as equipes de resgate encontraram 122 cadáveres do avião. Os trabalhos de resgate nos escombros do avião foram suspensos.Segundo o Ministério de Situações de Emergência, a operação será retomada na segunda-feira. A identificação dos cadáveres começou próximo à meia-noite no necrotério de Irkutsk. O avião saiu da pista logo após o pouso, se chocando contra um edifício. O incêndio foi controlado mais de duas horas após oAcidente. O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou que seja decretado luto nacional na segunda-feira. A bandeira russa será hasteada a meio pau, e as atividades culturais serão suspensas em memória às vítimas da catástrofe.A caixa-preta do avião foi entregue à Promotoria local e será transferida a Moscou. Este é o pior acidente na história da Sibir, a segunda maior companhia aérea da Rússia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.