Estátua de Lenin será leiloada na Mongólia

A última estátua do líder comunista soviético Vladimir Lenin que existia na Mongólia foi retirada de seu pedestal na capital Ulan-Bator. As autoridades decidiram remover o monumento por fazer homenagem a um homem que "cometeu tantos crimes", segundo o prefeito da cidade. A estátua será leiloada com lance inicial de US$ 280.

O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.