Estilo de Blair favorece erros de política, diz relatório

O estilo informal de governar do primeiro-ministro britânico, Tony Blair, pode ter enfraquecido a capacidade política de tomar decisões acertadas no período anterior à invasão do Iraque, diz o relatório de Lorde Butler sobre os erros de informação que levaram à guerra. Embora tenha isentado a administração Blair da acusação de mentir deliberadamente para o público, Butler diz que ?a informalidade e o caráter circunscrito dos procedimentos do governo que vimos no contexto... do Iraque arriscam reduzir o escopo para decisões políticas bem informadas?.O estilo Blair dee governar já fez correr rios de tinta no Reino Unido. Tradicionalmente, a política na Grã-Bretanha é formulada a partir de um consenso dos ministros eleitos do Gabinete. Mas, com Blair, a política freqüentemente é decidida em reuniões fechadas com assessores sem mandato, numa sala da residência oficial do premier conhecida como ?O Covil?.

Agencia Estado,

14 de julho de 2004 | 15h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.