Estônia abre colégios eleitorais para eleições legislativas

A Estônia abriu neste domingo, 4, seus colégios eleitorais para as primeiras eleições parlamentares do país desdesua entrada na União Européia e na Otan, pleito em que os partidos da coalizão governante aparecem como grandes favoritos.Um total de 657 colégios eleitorais em todo o país abriu suas portas às 9h locais (4h de Brasília), informou a televisão russa de Tallinn, capital do país.Os colégios só fecharão às 20h locais (15h de Brasília), para logo depois começarem a contagem dos votos. Os cidadãos estão convocados a escolher os 101 membros do Riigikogu, Parlamento unicameral estoniano.Competem nas eleições 970 candidatos promovidos por 11 formações políticas, além de sete candidatos independentes. Para chegar ao Parlamento, as forças políticas devem superar 5% da votação total.Todas as pesquisas dizem que a atual coalizão de centro-direita no poder, formada pelo Partido de Centro, o Partido das Reformas e a União do Povo, renovará seu mandato para formar o Gabinete de Ministros.A maior dúvida é se o Partido de Centro, que lidera as pesquisas, conseguirá o apoio suficiente para levar seu líder, Edgar Savisaar, ao posto de primeiro-ministro. O chefe de governo atualmente é Andrus Ansip, do Partido das Reformas.Um em cada 30 eleitores já emitiu seu voto pela internet. AEstônia é pioneira na modalidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.